1.6.10

michael w. smith


este cartaz acima não necessitaria de nenhum comentário. mas aqui vão alguns, rs…

lembro do último concerto que ele deu em 2005 no estádio do morumbi. estava em pé em uma das últimas fileiras da arquibancada, de frente pro palco que estava longe, lá em baixo… e em meio a toda a emoção de assistir pela primeira vez na minha vida ao maior cantor de música cristã contemporânea de todos os tempos pensei: "puxa vida… como eu gostaria de traduzi-lo algum dia…!"

não me entendam mal… o pr. andré valadão fez um excelente trabalho! mas ter a oportunidade de conhecê-lo mais de perto, conviver com ele um pouco mais e até mesmo de ser "ele em português" foi um desejo muito forte naquele momento.

e é isso que um tradutor/intérprete deveria ser, essencialmente: a pessoa que ele está traduzindo na língua que este não domina. e creiam: estou ciente da responsabilidade. e oro pra que D-s me capacite não apenas a encontrar as palavras certas, mas a ser a pessoa certa, nos momentos em que for necessário. oro pra que D-s me faça invisível, pra que ninguém perceba que estarei lá… porque o melhor que se pode dizer de um tradutor é que nem se notou direito que tinha alguém traduzindo, rs…

será uma semana com muitas emoções… como se não bastasse, além de traduzir o michael w. smith, vou cantar, pela primeira vez, na marcha pra Jesus; ou seja: para o maior público para o qual eu já cantei na minha vida… estima-se que haverá umas 4.000.000 de pessoas! que insano, gente!!! cantar pra tanta gente, poder adorar a D-s junto com tantas pessoas! e como o campo de marte é pertinho da minha casa, tenho o firme propósito de ir a pé até lá, rsrsrs…

agora o que tenho a dizer a respeito do michael, depois de já ter passado um dia e meio com ele? primeiramente: embora ele no brasil seja mais conhecido pelo seu trabalho na área de louvor e adoração, ele teve um papel fundamental e até de liderança em 3 grandes revoluções da música cristã, uma em cada década (80, 90 e nesta passada); e ainda conseguiu traduzir em música –sem palavras– todo o Amor de D-s e Seu maravilhoso plano de redenção em seu album instrumental intitulado "freedom". como pessoa, do pouco que pude ver até agora, ele é exatamente o que "a gente" gostaria que o maior ícone da músic cristã fosse: tranqüilo, educado, paciente, dedicado e amoroso…

quanto ao evento em si? imperdível. e vai valer cada centavo dos 80,00R$ que o ingresso custa. estrutura de primeira… som, palco e iluminação melhores do que na maioria das gravações de dvd que se fazem aqui no brasil (e nossa produção de dvd tem melhorado consideravelmente de alguns anos pra cá)… mas toda estrutura tem como objetivo único criar o melhor ambiente para louvarmos e adorarmos juntos aos Senhor; porque Ele, sim, merece o nosso melhor.

o mais legal num evento como esse é efeito que ele terá nas igrejas nos meses a seguir. creio que teremos muitos líderes de louvor e músicos nestes dois concertos; e eles –nós!– sairemos dali com um novo e superior conceito do que significa expressar o nosso Amor a D-s através da música.

encontro vocês lá…



ps.: não… rs.; NÃO vou cantar com ele. vou traduzir apenas. e é muito mais do que o suficiente.

Um comentário:

Leandro Pontes (vulgo Japinha) disse...

não esquenta ... rs vc é um dos talentos da musica cristã contemporânea aqui no Brasil, seu trabalho é lindo. Parabens, seu dvd (viver e cantar) ja me fez muito chorar e respeitar suas questões doutrinárias.

PAZ