11.11.10

totalitarismo político-religioso

como eu gosto da Bíblia… (sei que esta é uma frase "assustadoramente crente" para quem acompanha o meu blog, mas é verdade!) e sei que tem milhares de razões para isto, mas hoje eu gostaria de abordar apenas 1 exemplo da maravilhosa ironia bíblica que tem me ajudado de maneira particular durante estes últimos dois meses…

antes de mais nada, os textos bíblicos:

e, chegando Jesus às partes de cesaréia de filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: quem dizem os homens ser o Filho do homem?
e eles disseram: uns, joão o batista; outros, elias; e outros, jeremias, ou um dos profetas.
disse-lhes Ele: e vós, quem dizeis que Eu sou?
e simão pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do D-s vivo.
e Jesus, respondendo, disse-lhe: bem-aventurado és tu, simão barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.
pois também eu te digo que tu és pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
e Eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
matheus 16:13-19

temos aqui um exemplo fantástico do que acontece de maravilhoso quando alguém é usado por D-s. a parte deliciosamente irônica, nisso tudo, é que, exatamente 2 versículos depois, ainda dentro do mesmo capítulo, dentro do mesmo contexto, talvez menos de 5 minutos depois de Jesus ter falado isto para pedro, vemos a seguinte situação:

desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia.
e pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Senhor, tem compaixão de Ti; de modo nenhum Te acontecerá isso.
Ele, porém, voltando-se, disse a pedro: para trás de Mim, satanás, que Me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de D-s, mas só as que são dos homens.
matheus 16:21-23

sabe qual é a uma das mensagens que D-s nos traz através deste episódio? é um recado que a gente finge que entende, mas na prática demonstra que estamos longe de iternalizar: não existe NENHUM ser humano que já passou pela face da terra –exceto o próprio Jesus Cristo– que pode dizer a respeito de si que NUNCA seja ou tenha sido usado pelo inimigo. todos nós o somos. pedro o foi. qualquer cantor cristão que você admira, qualquer pastor que você venera, qualquer teólogo ou levita em alguns momentos é usado pelo inimigo. e em outros é usado por D-s.

temos a mania de categorizar pessoas. se alguém faz algo com que eu não concordo, ele só pode ser do inimigo. se alguém faz algo que me agrada, ele só pode ser de D-s. veja bem a linguagem aqui: ser ou não ser… esta é SEMPRE a questão! e grandes são as implicações disto… se o pastor na saída da igreja não me deu a atenção que eu acho que eu merecia, é porque ele não é humilde. se ele não é humilde, é porque Ele não tem D-s no coração. e assim –com tamanha facilidade– descreditamos a pessoa e o ministério de alguém, normalmente para sempre!

grandes foram as decepções que sofri nesta época de eleição com a postura de alguns líderes religiosos e, de maneira geral, com as manifestações daqueles que ferrenhamente defendiam seus candidatos querendo demonizar o candidato concorrente deste. e eu, que detesto maiúsculos, preciso escrever isto em letras garrafais: NENHUM SER HUMANO É 100% DE D-S E NENHUM SER HUMANO É 100% DO INIMIGO. nem pastor, nem político, nem cantor, nem músico.

evidentemente não estou defendendo certas linhas filosóficas ou ideológicas que tentam dizer que o BEM precisa do mal e vice-versa e que, no fundo, são a mesma coisa. D-s, o supremo BEM, é somente Amor, Justiça, Misericórdia, etc. e o inimigo é somente mal. mas quando se trata de seres humanos, simplesmente não há absolutos.

mesmo que eu me comprometa a apenas compôr canções que exaltem ao Senhor, se minha vida toda não o exaltar, como é que tudo em todas as minhas canções o poderia fazer?! e volto a repetir: a vida TODA de NINGUÉM somente O exalta; sempre há os "outros" momentos. momentos em que você vai brigar com sua esposa, ou com seus filhos… em que você vai se irritar no trânsito ou pensar/falar mal de alguém sem nenhuma razão sólida. não tem jeito! por mais que você tente, por mais que você busque entregar toda a sua vida, todos os seus momentos a D-s, aqui, infelizmente, isto será impossível. neste sentido, todos nós somos iguais. todos estamos no mesmo barco.

[só pra piorar a situação de vez: ser usado por D-s não é garantia de salvação! isto fica claro em i coríntios 13, matheus 7 e tantos outros lugares, também…]

a gente pode até julgar os atos de alguém. mas nunca a pessoa. no entanto, é o que geralmente acontece. a gente joga a pessoa inteira fora, por causa de um ato (muitas vezes isolado) que a gente não compreende ou com o qual a gente não concorda. e especialmente nesta época política, sei de muita gente séria que jogou muita gente mentalmente fora por causa de uma ou outra declaração. a pessoa pode até ter feito algo errado, mas isto não quer dizer que ela seja errada por completo!

e se –como no famoso exemplo– a mistura de apenas 1% de veneno com 99% da água mais límpida matam tanto quanto 99% de veneno e 1% de água, quem entre nós não é letal?

sabe o que é mais legal nesta história? ninguém é 100% do inimigo, também. o cara mais satanista não consegue ser cruel e desumano 24h por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano. enquanto o juízo final de D-s não tiver sido sentenciado sobre ele em algum momento ou outro –por um descuido que seja– a imagem e semelhança do D-s de Amor transparecerá através dele.

e é muito legal saber que D-s não usa apenas os religiosos professos ou coisas ditas sagradas ou santificadas para fazer Sua glória resplandecer. e não é através da teologia que Sua glória mais resplandece, mas através do Amor. no Amor entre pai e filha/filho. no Amor entre marido e esposa. no Amor entre irmãos. no Amor para com o órfão, a viúva e o estrangeiro. e, com excelência, no Amor entre duas pessoas que simplesmente não concordam em coisa alguma.

como é que a expressão e celebração deste Amor poderia não ser divina, mesmo que venha com o rótulo "errado" (que nós colocamos, evidentemente)?!

pena que inúmeros destes detalhes tão bacanas são por muitos ignorados…

34 comentários:

Ana disse...

Leo. vc é o único cristão que eu
conheço que teve uma "postura" exata sobre esse bendito tema. (política) fico triste em ver nossos irmãos sendo "influenciados" por líderes e deixando de lado a busca pelo conhecimento. Deus está no controle. Seja qual for o homem ou mulher que lidere esse país. meu dever é orar por eles. adorei o texto. fica com Deus

Keila Cruz disse...

Li todo seu post e não entendi: Nós devemos aceitar o fato de que somos usados pelo inimigo? Nos conformarmos? Me corrija se eu estiver enganada, mas seu tom é de celebração ao fato de nenhum de nós termos alcançado a plenitude cristã. E em resposta ao seu "não tem jeito!", cito a Bíblia, que você diz compreender melhor que a maioria dos crentes:
"Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus." Filipenses 3:12-14

lg disse...

keila…

de fato, rs., vc está enganada. não estou celebrando a imperfeição. em nenhum momento do texto. a única coisa que celebro é o Amor de D-s e suas mais variadas expressões. e tb somente no final. aliás… o txt n trata de "celebrar" nada.

de qq maneira, mt obrigado pelo txt bíblico por vc citado. de fato, um txt mt oportuno. e em nenhum momento do meu txt discordo ou diminuo o conceito do txt de filipenses.

e alterei umas duas coisinhas, ainda… só p n dar a impressão errada… valeu pelos toques!

abs…

BH Agostinho e G Carvalho disse...

Muito bem escrito pelo Leonardo, o bom de tudo é que onde ha luz não ha trevas, onde ha trevas não ha luz isso até Socrates comenta no livro A Republica, Platao. Por isso quando somos usados pelo inimigo, como nosso irmao Leonardo disse, não estamos sendo ao mesmo tempo usado por D-s, ou vice e versa. E depende unicamente da nossa escolha no momento.isso de fato acontece, e em todo lugar, a reaçao dos irmaos em relaçao a isso, é sempre essa mesma que o Leonardo disse no blog. Infelizmente. Então creio que esse otimo texto escrito, deve ser tomado como reflexao, de modo que quem leia, entenda que se ja não o fez dessa maneira, uma dia será tentando a faze lo, jogar uma pessoa inteira fora, por um ato pecaminoso. Se algum dia for tentado a fazer isso, lembrem se deste texto ai em cima. Abraço. Bruno Henrique.

Pr. Valdeci Jr. disse...

Leonardo, concordo em este seu texto. Imagino (e tá na cara) o que o levou a escrevê-lo. E o que tenho a lhe dizer é o seguinte: meu amigo, continue seu ministério, que tem sido uma bênção. Você tem colocado e segurado a meninada aos pés de Jesus. Existe alguma coisa mais importante a se fazer neste mundo. Críticas, sempre virão. Você tem características singulares, que o fazem conseguir testemunhar em meandros que nada mais da igreja consegue penetrar. Logo, o diferente sempre será analisado (com elogios e críticas). De minha parte, quero sempre ser usado por Deus para promover o seu ministério. E lhe digo mais: nós pastores temos tido nosso ministério muuito abençoado por sua carreira musical, Léo. Obrigado, porque você tem permitido ser de Deus, e ser usado por Ele. Você é do Bem, cara! Abs.

Tatiane disse...

Leo, realmente o que disse baseado nas escrituras tem fundamento. Se pararmos para observar a Bíblia desde Gênese ao Apocalipse tem UM tema MAIOR: O AMOR!!!!
Mesmo quando DEUS disciplinava seu povo no novo testamento parecendo duro, era a PURA representação de seu amor. Isso se intensificou e foi abertamente declarado através de JESUS!!! Não conhecemos nem o nosso próprio coração, quem dirá o dos outros!!! Que ELE derrame mais do SEU Amor em nós e através de nós, porque até o AMOR é dom de DEUS!!! Não é por merecimento nosso, mas pela Graça e Amor de DEUS!!!
EXCELENTE texto!!!

Tatiane_Couto

Fefeko disse...

Gostei demais do texto. Até mesmo porque ninguém neste mundo é perfeito. Nem mesmo os cristãos (mesmo com o objetivo na perfeição). Seremos perfeitos apenas quando Cristo voltar e nos transformar, destruindo o pecado para todo o sempre. Enquanto estivermos aqui neste mundo mau, estaremos propensos à perversa natureza humana antes pura, mas agora decaída do pecado.

Que o Senhor te abençoe. Abraço!

Edson Costa disse...

"Ironia Bíblica"... Simplesmente genial. Parafrasear Shakespeare foi ousado, mas muito bem colocado.
Minhas imperfeições não se sentiram congratuladas, tampouco cresceu a minha porcentagem de veneno.
Estudando Semiótica, tive uma mini-epifania: nossa mente é tão limitada, que não podemos conceber o verbo em sua essência, por isso ele precisou se fazer carne. Jesus é um "guia simplificado", mas não de religiosidades, e sim de amor divino.
Mas confabulem comigo: o exemplo de Cristo não é ligeiramente frustrante para nós? Como nós rejeitariamos pão após quarenta dias de fome?
Por isso que as ironias, de Pedro, Davi e Cia, nos servem de "exercício", tal qual um livro didático. Pedro é a pedra, mas é pedra sedimentar. Como diz Filipenses 3: 12-14, a cada momento de superação das falhas, mas uma camada de rocha se forma em nós. Rocha firme, mas que se desmancha se perde a pressão superior...
Sai o coração de pedra, e entra um coração também de pedra! Mas é a "pedra angular", "que vida traduz".

Fabricio Cunha disse...

Olá Léo

Gostei muito do comentário do Edson. Queria tê-lo escrito...rs.

Acho que o título do artigo deveria ser somente "Totalitarismo Religioso" que, na minha opinião é o mais opressor dos totalitarismo, pois manipula o sagrado e sacraliza dogmas particulares que, geralmente, são transformados em armas letais.

A abrangência do amor de Deus é incomensurável e, graças a Ele, não está presa às nossas expectativas.

Um amigo chamado Ziel Machado, diz sempre uma frase simples que gosto muito: "quem chama Deus de Pai não pode escolher os irmãos". Quem determina a abrangência da salvação não são nossos dogmas, quem delimita o que é sagrado ou profano, não são nossas expectativas e gostos.
Paulo ainda nos diz em Filipenses que: “tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.” Esse é o critério.
Jesus e João Batista são chamados de beberrões e amigos dos pecadores. O que dirão de nós então?!
A resposta de Jesus é que "o discurso ou a sabedoria, são autenticados pela vida". Nesse quesito, só têm autoridade para nos criticar as pessoas com as quais convivemos, que conhecem nosso cotidiano, nosso coração e nossas práticas mais íntimas, privadas e públicas. Assim , atesto que teu testemunho de marido, amigo e ministro do Evangelho têm sido o lastro de teu ministério.
Continue!

Fabricio Cunha
Pastor
IBAB - Igreja Batista de Água Branca

Pathy C³ disse...

Eu tenho pensado nisso nos últimos dias. Não posso negar que já julguei as pessoas pelos seus atos... e sei que errei nisso.

Apesar de não conseguirmos ser perfeitos (por enquanto 'Maranata!'), temos que nos esforçar pra isso.
Se o meu irmão vai mal em algum sentido, eu devo entender que ele também comete erros... e enchaminhá-lo, certo?!
É mesmo uma reflexão pessoal pra cada um... mas a palavra de Deus é bem clara sobre isso.

Deus o abençoe, Leo. Levantar questões como essa é importante para todos nós.

Abner Cirelli disse...

Shalom Leo !!!

vc que gosta de se aprofundar nos misterio de H'shem tenho um presente pra vc, esse canal é de um rabino/pastor muito bom.
vale a pena a visita:D

http://www.youtube.com/user/MarcosAndradeAbrao

Shalom leo, e q H'shem em nome de Yeshua te abençõe !

Newton Prado disse...

Léo parabéns pela coragem de escrever sobre esse tema tão "perigoso" de ser tratado! Realmente ninguém é somente de Deus e somente do inimigo, pois isso só será decidido quando a porta da graça se fechar e então Cristo voltar. Que Deus te abençõe e continue te iluminando. Abraço, @NewtonPrado

Elisa Goemann disse...

Muito bom o texto... Gostei demais.

Laís Vilela( em breve Ferreira) disse...

Leonardo, parabéns por expressar em palavras, algo que muitos de nós a tempo pensamos e sentimos...Não somos 100% e devemos ter consciência disto, pois só assim poderemos minimizar a distância entre o que é dito e o que é feito e pararmos de julgar as pessoas.
Parabéns ao Fabrício pelo comentário...
"quem chama Deus de Pai não pode escolher os irmãos"#verdade
Esse texto edifica minha vida como ser humano, cristã, pecadora, que não é 100% e tem consciência disto...
Deus abençoe
Laís Vilela

Anônimo disse...

Estamos sendo usados pelo inimigo? Forte ne? Porem, apos refletir no txt, me veio a mente q se lembrarmos disso antes do ato (falar, pensar ou agir), vamos pecar menos!
Valeu Leo!
Samuel Cavalcante
PS. 'Os que perseverarem ate o fim serao salvos!'

... disse...

Vc realmente se superou nesse texto! Deus continue te usando sempre!

Nebens disse...

Leo, texto mto bom msmo, é fato que nenhum de nós será 100% de Deus, mas como já foi dito, devemos fazer o possível para nos assemelharmos a Cristo. O fato é que em todos os momentos ainda haverá algo a fazer, até chegar o grande dia do Senhor, onde subiremos com ele.

Tem um texto no meu blog:http://nebens.blogspot.com/2010/08/e-se-voce-fosse-chamado-andar-sobre-as.html sobre fé, não é mto na linha deste texto mas fala de fé, algo extremamente importante para estarmos mais próximos de Deus.

Abraços,
Nebens de Andrade Franco
Igreja Cristã Maranata

Anônimo disse...

Gostei muito do texto. Parece que os cristãos não querem entender certas coisas! No dia em que os cristãos forem mais realistas e menos hipócritas, aí sim reinará o amor. Esse texto pra mim é super realista, cheio de verdades incontestáveis. Deus abençoe seu ministério. Feliz semana!

Matheus Falcão disse...

"falsos profetas enganam o povo de D-s, falsas doutrinas..."

se hj todos nós, msm q de uma maneira camuflada, somos usasdos pelo inimigo, supostamente não teriamos nada a fazer!
Mas a graça e o Amor de Jesus tudo espera e tudo suporta, então nos resta crer e pedirmos à D-s para consagrar-nos e para que Ele nos use da maneira que Ele achar certo, assim, msm que seja inevitável a presença do inimigo em nós (já vivemos em um mundo que ele assola), ela seria minimizada (já que o Temível é Eterno).

Que D-s derrame a Sua Shekinah!

André Reis disse...

Leo, o texto é oportuno, participei do debate para equilibrar a visão distorcida daqueles que querem se fazer de "mais santos do que tu".

A boa notícia é: quem te chuta pela costas, está atrás.

A má notícia: esses chutes continuarão num ciclo vicioso pela necessidade de se promover, defender o status quo, se apegar à política do medo para manter a instituição falida das regras pelas regras.

O importante de tudo isso é não perder o foco: JC.

Um abraço pra vc e que Deus te ilumine.
André

samneves disse...

hey bro. miss talking to you. posso ver que nossa discussao sobre a dilma seria interessante. sorry, i can't really type in pt, my keyboard doesn't follow...

everyone would agree with your conclusions, especially because they're also mine. however, there is one implication of what was left unsaid - 'by their fruit you shall know them'. As Paul would call it fruit of the Spirit later on, I doubt the fruit refers to what the person does in their own power. This means, quite simply, that we are all going in either direction through the overall fruit of the Spirit or the enemy. Here is what I mean -

The market goes up and down everyday. Sometimes it works for good and your shares have more value. Other times it doesn't work and you loose money. However, there is always an overall curve that either determines growth or death.

Here is the question - is the Holy Spirit being allowed to continue producing fruit in a person's life... even if they don't believe in him? Or is the Christian allowing the enemy to focus on the religious ritual and forget the people behind it. In these cases, the atheist is being used by both God and the enemy, just like the Christian. However, one is growing and the other dying. There are very few plateaus if you're a human...

just a thought... email me yours... again, sorry for the english.

lg disse...

excelente comentário acima do samuel mendes… alguém se dá o luxo de traduzir para o português para que todos o possam compreender? de fato, um excelente ponto. mas tem um detalhe:

o fruto do Espírito é diferente dos frutos do nossa trabalho e MT diferente da conseqüência natural dos nossos atos. dizem respeito ao nosso caráter e em como ele está sendo moldado por D-s. e para isto, a gente precisa conviver MT com a pessoa em questão para termos uma possibilidade –com grande margem de erro– de avaliar o crescimento do próximo. esta coisa do fruto do Espírito e este método para avaliarmos se estamos sendo mais usados por D-s ou mais pelo inimigo só podemos aplicar, no senso estrito, a nós mesmos. e, no máximo, a gente muito íntima nossa.

e este texto quer falar muito mais das avaliações que fazemos de pessoas que estão longe do nosso convívio.

e ainda tem um probleminha, rs.: se REALMENTE estivermos sendo transformados pelo Espírito, é bem provável que enxerguemos mais nossas insuficiências do que nosso crescimento… sabe aquela coisa de quanto mais andamos na direção certa, mais clara fica a imagem que D-s tem daquilo que gostaria que fôssemos e, por isso, menos justos nos sentimos.

mas valeu pelo comentário!

Roberto Filho disse...

Léo, parabéns pelo t3exto... mto bom mesmo. Que DEus continue te usando para influenciar e unir essa geração. Que toda honra, e toda glória seja dada ao nosso Deus...

samneves disse...

Como esperado, concordamos 100% no que e o fruto e como funciona. Entretanto, como a humanidade (e especialmente brasileiros) ainda prefere tirar o cisco do olho alheio! Em outras palavras, todos estamos crescendo ou morrendo, mas nenhum de nos tem capacidade de definir este processo no outro. Agora, so pq nao podemos definir nao significa que o processo nao existe...

Atos sao atos e estes podem vir de Deus ou do inimigo a qualquer momento de nossa jornada. Entretanto, existe uma direcao que estamos indo... que so Deus pode julgar...

Anônimo disse...

LG tÔ estranhando um pouco tua postura, frente a essas críticas, comentários que fizeram ou estão fazendo a teu respeito, trabalho e/ou ministério. [vc sempre foi tão de boa frente a este tipo de coisa] enfim, querido.. pq se defender e/ou explicar o que quer que seja, se a tua vida, ministério e músicas são de D-us, deixe que ELE te justifique. permaneça em paz. assim vc estará mais aberto as influências do Espírito Santo e levará mais pessoas através da tua vida à Cristo. não sei se vc percebeu mais essa é a grande sacada do lado opositor, te desestabilizar emocionalmente pra que vc paralise e não alcance êxito em realizar a obra que D-us comissionou à vc executar. lembre-se que D-us trabalha no teu lado racional, então tudo que for emoção, relacionado a este assunto, neste momento despreze. querido a ordem do mestre foi: ide. então.. levante-se e vá! [ou continue indo]! não permita mais que a escuridão que tem tentado te rodear permaneça obtendo sucesso!. apenas continue marchando! independente de olhar para todos os lados e ver zilhões de faraós ou sambalates, apenas marche. avance como Moisés e continue cantando como Miriam. e em nome de Jesus, conduza mais vidas aos pés de Cristo. então não esqueça, marche. não permita que sentimentos de autocomiseração faça parte da tua jornada a essas alturas do campeonato! pois as lutas que vc está lutando não são suas, e sim de D-us. vc se lembra o que Abigail disse pra Davi?? _meu senhor tens lutado as lutas de D-us, relembrando este trecho bíblico digo o mesmo pra vc.
LG vc tem lutado as lutas de D-us, então deixe q ELE te justifique, se assim ELE julgar necessário.
vc não precisa fazer nada além de marchar e confiar que o D-us de Israel irá a tua frente e lutará todas as tuas batalhas, dando em tuas mãos a vitória sobre os teus inimigos. estarei intercedendo pela tua vida e pelo teu ministério [aliás de D-us]. shabbat shalom querido. :D

obs.: se fosse fácil e não houvessem oposições, não seria de D-us. ;)

ps.: se falei algo errado me perdõe em nome de Jesus Cristo.

*s

lg disse...

caro anônimo *s…

de maneira alguma escrevi este texto como sendo uma "defesa", rs… é claro q alguns aspectos coincidem, mas se eu fosse escrever um texto para me defender de críticas –como por ocasião já o fiz aqui– eu teria escrito outro texto, completamente diferente.

eu estava, de fato, querendo escrever a respeito deste fenômeno que pudemos acompanhar neste período político e eu me vi na situação de descartar alguns líderes religiosos apenas pela maneira (ingorante) com que estavam tratando o assunto da política… este texto é tanto para mim, mesmo, como para qualquer um outro.

agora… se ele serve para mim, ele também serve para os outros. apenas isto.

mas muito obrigado pelo apoio quanto ao "outro" assunto (que sequer vou mencionar aqui) e ao meu ministério de maneira geral. e me desculpe se dei a entender que eu estava me deixando levar por autocomiseração. de maneira alguma foi esta minha intenção.

que D-s continue nos guiando a todos…

andré nadaline disse...

Cada um tem uma visão sobre esse texto
Me lembrei de cara o conto "A Igreja do Diabo" de Machado de Assis, onde o Diabo vai a té Deus e pede para que ele lhe deixe construir a sua própria igreja pois os homens, criaturas divinas, já fazem, escondido, o que o próprio Diabo quer.
Deus disse "vá"!
Quem não conhece o conto vá e leia, o Diabo achou que o peso dado por Deus era muito alto para os seres humanos e isso seria o suficiente para que eles abandonassem a Deus mas ele se esqueceu do tal "livre arbítrio"! Não existe maior mecanismo de defesa ou de suicídio espiritual do que este! A cada dia tenho percebido que acordo como o maior pecador, ferramenta poderosa aos serviços do mal!
Mas sei que ao deitar, se quiser, se buscar, posso me considerar como um filho amado de Deus e que subi um degrau na escada da santificação ao caminho do céu.
Enfim, o processo de salvação é uma busca solitária, diária, pessoal... e pensando bem, Amém por isso.

Abraços e parabéns pelo novo trabalho

Matheus T. Pereira disse...

Q isso meu!
Primeira vez q vejo alguém se expressar sobre a "política" com tanta exelencia, e tbm esta certo em explicar sobre o fato d ninguém ser perfeito, pois a pessoas q se afastam por se espelharem em outros q ele rotulam como perfeitos!
Paz... Fica com Deus...

Edson Costa disse...

Caro André Nadaline... Rememorar o conto "A igreja do Diabo" foi muito oportuno! Mas uma vez voltando a semiótica, eu penso: as coisas não tem valor, a não ser que nós demos esse valor. Quando o errado passa a ser certo, quem acerta se torna criminoso. Eu posso representar algo de muitas formas, mas o objeto não terá importância, e sim o meu sentimento de reprersentá-lo. LG tem seus sígnos, seus significados; é a mesma compreensão teológica de qualquer um que estude a Bíblia, mas que se mostra sob sua ótica de vida.
Os planos de Deus são insondáveis, assim como o coração alheio tembém é. Na "Igreja de Deus", representamos nossos sentidos por muitos sígnos, mas o sentimento de louvor é que precisa ser o mesmo. Se os sentimentos fossem capturáveis e explicáveis, já não seriam sentimentos.

Edd New..

Aline Vocal disse...

Léo Deus não é somente amor, Ele tb é fogo consumidor. Bjuss

lg disse...

e qdo Ele é fogo consumidor, Ele o é por Amor, tb…! rsrsrs…!

simone guimaraes disse...

OLÁ..QUANDO VIRÁ EM SALVADOR-BA? QUANDO VEM QUASE NINGUEM FICA SABENDO.RESPOSTAS POR FAVOR

Letícia Felix disse...

Leonardo Gonçalves! É uma honra poder comentar aqui no seu blog... Quero parabeniza-lo pela sua inteligencia e sabedoria. O modo como você abordou os temas, foi impressionante! Nunca tinha lido algo parecido, e ao contrário de que algumas pessoas estão interpretando o seu texto, eu senti uma vontade enorme de me aproximar mais de DEUS, de estar mais perceptiva aos meus atos, e nunca esquecer de pedir orientação a DEUS em todas as áreas da minha vida. Vale a pena ressaltar que somos todos pecadores, só de existir nesse mundo já pecamos, apenas Jesus foi perfeito, e Ele é o nosso exemplo vivo de que dá p viver em santidade nessa Terra. Pecamos, erramos... enfim, mas temos um Deus que renova a sua misericórdia a cada manhã. Que DEUS possa continuar te usando ricamente LG, a sua mensagem tocou profundamente ao meu coração!

[ Letícia Felix ]

Tomás Ch Gomes disse...

todos nós somos, de facto, positivos e negativos (nunca ao mesmo tempo).
a única forma de nos evidenciarmos com constância na positividade é a praticar constante e conscientemente o amor definido por Deus na sua palavra e pelo testemunho de Jesus Cristo.
embora nunca estejamos em tempo integral neste estado, apenas o facto e tempo nele, em si só, nos proporcionam alguma da paz sublime e felicidade aqui, por quase todos almejada. abraço tgomes